Dia Mundial do Livro

11:00

   Não há no mundo nada que se equipare à felicidade de viver rodeada de livros, seja na mesa de cabeceira à espera de uns minutos antes de deitar para ler "só mais um capítulo", ou numa estante recheada de histórias nas quais podemos mergulhar à distância da abertura da primeira página.
   É soberba a capacidade que um livro nos proporciona de entrar num outro mundo, de nos abstrairmos de nós próprios e conhecermos outras realidades, reais ou não, deixar o lugar onde estamos - ainda que sem sair do sítio - e, simplesmente, flutuar com as personagens.
   Como é esta a minha opinião e como os livros estão sempre tão presentes na minha vida, foi com todo o gosto que aceitei o desafio da Sofia para vos falar de vários livros de acordo com alguns temas. No ano passado, eu e outras bloggers fomos desafiadas a escrever sobre 5 livros que nos marcaram (podem ver o meu post aqui) e este ano tivemos a oportunidade de inovar um pouco, pois temos sete categorias nas quais vos vamos mostrar várias obras.
   Curiosos? Vamos a isso!


- O livro que tenho há mais tempo: talvez por ser dos primeiros livros que me lembro de ler e de compreender verdadeiramente. Esta é uma obra que marcou o início da minha adolescência e, dos livros que tenho na estante, penso ser o mas antigo e, definitivamente, dos que guardo com mais carinho.


- O livro que tenho há menos tempo: uma das prendas de aniversário mais ansiadas, este é o livro que está no topo dos meus livros-de-cabeceira e que quero acabar de ler o mais rápido possível. Era das obras que mais queria há já algum tempo por causa das maravilhosas críticas que me chegavam e, até agora, estou completamente rendida e, particularmente, apaixonada pela escrita do autor.


- O livro que li mais vezes: acho que este é inquestionável. Não há quem nunca tenha lido o Diário mais conhecido da II Guerra Mundial. Apesar de eu não ser o tipo de pessoa que lê e relê os seus livros, este é um clássico que li diversas vezes na adolescência.


- O livro que emprestei e não voltei a ver: felizmente não posso incluir nenhum livro nesta categoria porque, felizmente, todos os livros que empresto (ou que tenho emprestado até agora) regressam a mim, sãos e salvos. Acho que escolho bem as pessoas a quem confio os meus livros.


- O livro que já devia ter lido: recebi-o de prenda de Natal, mas a falta de tempo tem-se intrometido entre mim e ele. Acabei por meter outros livros na frente e deixar este um pouco para trás (sobretudo por se tratar de uma trilogia e por ainda só ter o primeiro), mas está na minha lista para o ler mal possa.


- O livro com mais valor sentimental: foi com esta obra que Saramago me fez apaixonar pela literatura portuguesa e pela sua própria visão do mundo e da escrita. Desde então, já li mais livros dele que me deixaram igualmente encantada, mas este foi, inevitavelmente, o que mais me marcou.


- O livro que foi uma autêntica pechincha literária: Por 2€ comprei, em Coimbra, a minha primeira obra de Vergílio Ferreira. Uma verdadeira pechincha, certo?

   Para verem os livros que os restantes bloggers selecionaram para estas categorias, basta clicarem nos links abaixo: 

   Um agradecimento especial à Sofia pelo convite e uma questão para vocês também: quais os livros que escolheriam caso vos colocassem este desafio? 

You Might Also Like

9 comentários

  1. A Lua de Joana e o Diário de Anne Frank são os clássicos que quase toda a gente já teve oportunidade de ler! :P

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Concordo totalmente com a tua opinião sobre os livros! Este lado proximal e mágico que os sustenta leva-nos numa viagem plena *.*
    Confesso que nunca li A Lua de Joana e o Diário de Anne Frank. São duas histórias que tenho relativamente presentes e que me despertam imensa curiosidade, mas acabei sempre por colocar outras obras à frente.

    ResponderEliminar
  3. Depois também quero saber o que achaste d'"A Insustentável Leveza do Ser"! Nunca li, mas só ouço coisas boas! E tens de ler o "1Q84"! Da trilogia, o primeiro foi mesmo o meu preferido!


    Obrigada por teres participado, mais uma vez! <3


    A Sofia World

    ResponderEliminar
  4. O Clarabóia é delicioso - devorei-o com muito gosto, adoro cada palavra que o Saramago nos deixou. E quero muito ler Murakami e A Insustentável Leveza do Ser! Que bela selecção que aqui tens :)

    Jiji

    ResponderEliminar
  5. Desses ainda só li a Lua de Joana há alguns anos atrás!

    Beijinhos
    THAT GIRL | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER | YOUTUBE

    ResponderEliminar
  6. Acho que o A Insustentável Leveza do Ser foi o livro que mais li na minha vida. Maravilhoso, é o meu livro de cabeceira, sem dúvida. :)

    Não Me Mande Flores

    ResponderEliminar
  7. Adorei a Lua de Joana :D apesar de ser um história triste não nos deixa indiferentes

    ResponderEliminar
  8. Acho que o livro que tenho há mais tempo é qualquer um da saga Uma Aventura e curiosamente voltei a ler muito recentemente a Lua de Joana e mais uma vez adorei :)

    beijinhos
    Vânia
    Lolly Taste

    ResponderEliminar
  9. Não gosto muito de ler mas se for uma historia interessante acabo por ler
    Beijinhos, http://damselme.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela tua visita e comentário. Clica em "Notificar-me" para saberes a minha resposta.
Assim que possa irei ao teu blog retribuir o carinho. ♥