Favoritos || Agosto'17

21:30

   Agosto veio com tudo: dias de calor extremo para me deixarem exaurida e noites de chuva e trovoada que me fizeram recorrer às minhas mantas para ler aconchegada. Foi um mês de passeio, mas também um mês de descanso; teve dias tão aborrecidos que só ele, e outros entusiasmantes a ponto de me deixarem surpreendida. Quem me conhece sabe que não gosto de Agosto, mas sou obrigada a fazer um balanço positivo deste mês pelas coisas bonitas que me trouxe.



   Ao contrário de Julho, neste mês reduzi na maquilhagem e esmerei-me mais nos cuidados de pele. Assim, tentei ser mais rigorosa na aplicação de creme de dia - utilizo este da Avon com FPS 15 - e noite - utilizo o da Yves Rocher que já é conhecido por aqui. Além disso, como o cieiro não me dá tréguas, o Carmex tem sido a minha salvação e basta-me uma aplicação todas as noites para manter os meus lábios hidratados.
   Apesar de ter reduzido na maquilhagem - por preguiça e pela minha descontração do "ah, isto está bom assim" - as vezes em que primei um bocadinho mais nesse campo serviram para ver que este amigo já está a planear o seu fim. Honestamente, acho que grande parte dos meus produtos estão a preparar um fim em massa, mas este é o que me deixa mais triste. Comprei-o há mais de um ano, penso, e nunca tive razão de queixa. Como vêem na embalagem, trata-se de uma marca acessível mas cumpre a 100% com o que promete e espero mesmo que ainda se encontre à venda porque vou ter que o renovar.
   Ando numa vibe de blusas delicadas mas descontraídas. Esta amarelinha é da Zaful e é um exemplo do que gosto de vestir em dias quentes: leve e fina, mas com um toque muito mimoso. A cor é bem Cheguei! e tinha algum receio de não saber como - ou com que peças - a combinar, mas rapidamente me esqueci desses pormenores porque tanto me sinto bem a usá-a com umas calças básicas para um conjunto mais descontraído, como com umas calças mais formais.
   Os óculos já são vossos conhecidos. São da BANAL e têm sido os meus favoritos dos últimos meses pela sua cor e formato.

   A minha maratona para atualizar as séries que deixei em meio ao longo do ano seguiu firme durante este mês e, por isso, limpei da lista Jessica Jones - que queria ver há algum tempo e, apesar de não ser exatamente o meu tipo de série, não me desagradou totalmente -, Orphan Black - esta foi a temporada final da série e, honestamente, achei que o fim foi o mais adequado para toda a história pois deu uma resolução a todas as personagens -, The Walking Dead - digo-vos já que esta temporada puxou ao sentimento e dei por mim a chorar logo no primeiro episódio. Ainda assim, achei mais do mesmo porque, mais uma vez, o Rick tinha um grupo com o qual rivalizar (o que não trouxe nenhuma novidade) -, Sleepy Hollow - apesar de já não termos a tenente, o Crane conseguiu encontrar novos aliados e a temporada, na minha opinião, fez todo o sentido - e, por fim, Gotham - que me deixou arrependida de não ter visto mais cedo porque a temporada está realmente excelente. Gente, Jim Gordon is bae! -.
   Além disso, continuo a acompanhar Younger - que ainda está a ser exibida - e, obviamente, assisti com emoção aos episódios finais de Game of Thrones. Ao contrário da opinião de muitas pessoas com quem tenho falado, não achei que esta temporada tenha sido má. Houve diversas relações que já eram facilmente previsíveis mas, ainda assim, não me desiludiu. Como só teremos GoT em 2019, tenho como objetivo rever a série toda no próximo Verão para aguentar mais facilmente a espera.
   Uma série que comecei a ver foi Friends. Já sabem que acompanho The Big Bang Theory e que já vi How I Met Your Mother, por isso falta-me Friends. Tenho visto a série a passo de caracol, verdade seja dita, mas tenho gostado bastante. Acho as personagens bem conseguidas e adoro especialmente o Ross (e o seu macaco Marcel) e fico empolgada com os comportamentos compulsivos da Mónica (confesso que também sou um bocadinho OCD).
   Relativamente a filmes, nos últimos dias decidi fazer uma maratona de Harry Potter e já revi os três primeiros. Acho que escolhi a data a preceito, pois vivi o 1 de Setembro de uma forma bem mais apropriada por ter todas as falas mais presentes.

   Agosto foi o mês em que - finalmente - comprei o DSM 5. É um livro que dói a comprar (devido ao valor exorbitante) mas que creio fazer todo o sentido comprar agora, dado que se aproxima o estágio. Para quem não sabe, nele estão compiladas todas as perturbações mentais, bem como os seus critérios de diagnóstico, comorbilidades e valores relativos à prevalência. Este, meus caros, é o meu bebé! 
   Quanto a leituras, acabei o Comer, Orar, Amar no início do mês e depois li mais estas seis obras. Falei-vos um bocadinho d'A Metamorfose aqui e do Escrito na Água aqui. Estou a pensar fazer um post mais específico sobre todos os livros que li nas férias, pelo que não quero alongar-me muito acerca deles para já, mas adianto-vos que gostei muito do Um Violino na Noite e achei A Rapariga de Auschwitz um dos melhores livros sobre o Holocausto que já li.
   Nos últimos dias tenho lido o Tornar-se Pessoa, de Carl Rogers, e tem sido uma leitura de aprendizagens. Não é um livro que se leia a correr, pois encontramos aspetos a reter em todas as frases, mas é uma obra maravilhosa que, na minha opinião, me irá ajudar a encarar o estágio de uma forma menos assustadora.
(Reserva Natural do Paúl)
(Sé de Viseu)

   Agosto presenteou-me ainda com sorrisos emotivos e inesperados. Comecei o mês a fazer voluntariado numa casa de acolhimento e é capaz de ter sido um dos momentos altos da minha experiência nesta área. É impressionante o sentimento de felicidade com que saímos de um lugar onde, independentemente de tudo, recebemos muito mais do que aquilo que damos. 
   Fiz uma room make over ao meu quarto e, agora, já não há peluches a cada passo que damos e o aspeto mais clean é a palavra de ordem. A arrumação tornou-se mais fácil e o espaço é mais abundante. Sem dúvida, acho que compensou o tempo que demorou até por tudo no lugar.
   Ainda em Agosto tomei uma decisão arriscada: criar um Bullet Journal. Ainda não tenho nada de concreto para vos mostrar, mas creio que tem tudo para ser um projeto fofinho
   Quase no final do mês, celebrei o aniversário da minha avó, que é o ser mais maravilhoso que conheço e, sem dúvida, foi um dia emotivo e cheio de amor.

   Os planos para Setembro são imensos, tantos que não seria capaz de os enumerar todos. A nível académico irei decidir o meu local de estágio e o tema da minha dissertação e já tenho planos para estar presente em diversas conferências e seminários relacionados com a minha área. A nível pessoa lirei continuar com as atividades de voluntariado, irei continuar com o código e espero viajar e celebrar diversas datas festivas. 
   Setembro é dos meus meses favoritos do ano e espero que seja um mês excelente, tanto para mim como para vocês que estão desse lado. ♥



• • •
Podes acompanhar-me também aqui:

You Might Also Like

7 comentários

  1. Quero muito experimentar o Carmex nessa versão :)
    xoxo
    www.prettyinpink.pt

    ResponderEliminar
  2. Quero tanto ler a Rapariga de Auschwitz, por isso conta tudo por favor!
    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
  3. Mas que mês o teu! Quero ler o livro "a rapariga de Auschwitz", depois faz uma review (sem spoilers ehehe) para ver se vale a pena :p
    Beijinho,

    Facebook
    BLOG - VOCHEL
    Instagram

    ResponderEliminar
  4. A blusa amarela é tão bonita! :)
    Beijinho.

    http://nepheshing.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Gostei de conhecer os teus favoritos do mês! :D
    Que tenhas um bom mês de setembro! :)

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Adorei a blusa, a cor grita verão! E, oh meu deus, DSM-V *a delirar*, também quero! Acho que vou ter de esperar mais dois anos para merece-lo na minha prateleira! Também passo o verão com cieiro, aliás, o ano todo ahah!
    Beijinhos
    wallflowerbyines.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela tua visita e comentário. Clica em "Notificar-me" para saberes a minha resposta.
Assim que possa irei ao teu blog retribuir o carinho. ♥