FEV#28COISAS | Roteiro || Hotel Águas Radium

11:00

   Se me acompanham pelo Instagram ou pelo Twitter sabem que, há uns dias, rumei com o Ricardo a umas ruínas perdidas na Serra da Pena, em Sortelha (Sabugal) - e também já vos mostrei uma foto do local aqui -. Confesso que, quando o Ricardo me falou no local, eu não prestei a devida atenção e não me apercebi que o sítio onde íamos era muito mais que umas "ruínas", mas quando chegámos eu reconheci-o de imediato. Mas de onde?


   As Termas do Hotel Águas Radium já tinham sido protagonistas numa reportagem do Abandonados, uma rubrica que costumava passar nos noticiários da SIC e que eu adorava, daí ter reconhecido o edifício quando chegámos. Se ficarem com curiosidade, nesta reportagem poderão ver o local por uma perspetiva diferente daquela que vou aqui mostrar e assim ficam a conhecer um pouco mais da história do local.


   Basicamente a edificação do hotel está relacionada com as propriedades, na altura consideradas como terapêuticas, das águas - que deram origem às Termas Radium, as mais radioativas do país. Este hotel tinha 90 quartos, balneários, um restaurante e salas de estar que, segundo a reportagem que vos deixei acima, eram muito requintadas. Apesar de ter sido um local muito procurado entre as décadas de 20 e 30, a partir do momento em que se percebeu que o radium não era assim tão benéfico à saúde, a procura do hotel desceu em queda na década de 40, o que levou ao encerramento das termas e ao fecho do hotel nos anos 60, estando abandonado desde então.


   À primeira vista, o edifício parece realmente imponente mas ficamos longe de imaginar tudo o que se esconde atrás da enorme fachada. São inúmeras as divisões a que temos acesso e conseguimos mesmo chegar à zona das termas. Durante toda a manhã não parávamos de realçar a pena que é algo tão grandioso assim estar entregue ao abandono.


   É lamentável, sobretudo por estar localizado num sítio tão bonito e puro e, sobretudo, porque a eventual reabertura do Hotel poderia ser um grande propulsor do aumento do turismo no interior. O dono já fez planos para reconstruir o que está em falta e dar uma vida nova ao local, acrescentando um campo de golfe. Se isso vai acontecer? Não sei, mas garantidamente não vai acontecer num futuro próximo, infelizmente.


   Se quiserem visitar o local basta introduzirem "Hotel Águas Radium" no Google Maps que ele leva-vos até lá mais facilmente que qualquer indicação confusa que eu possa dizer. Assim que comecem a avistar as ruínas da estrada e cheguem ao caminho de terra batida que vai até lá, devem estacionar o carro à saída da estrada e seguir a pé (fechem os olhos aos letreiros que indicam ser propriedade privada).


   Já tinham visitado ou ouvido falar deste local? Também gostam deste tipo de sítios?






• • •
Podes acompanhar-me também aqui:

You Might Also Like

7 comentários

  1. Nossa posso dizer que adorei bastante tua discrição sobre esse lugar adorava um dia ir lá
    pois adoro lugares assim abandonados e para não falar que esse lugar tem uma vista linda

    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  2. Parece um sítio mágico e mesmo muito bonito!

    ResponderEliminar
  3. Eu vi essa reportagem, e logo na altura comentei com a minha mãe que era uma pena um edifício destes estar entregue ao abandono. É, de facto, uma zona lindíssima! Era mesmo benéfico que reerguessem o local!
    Gostava imenso de ir visitar, dava umas fotos excelentes!
    Beijinhos
    wallflowerbyines.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não podia estar mais de acordo contigo. Se algum dia tiveres oportunidade de visitar let me know! :)

      Eliminar

Muito obrigado pela tua visita e comentário. Clica em "Notificar-me" para saberes a minha resposta.
Assim que possa irei ao teu blog retribuir o carinho. ♥