ACMA || Porquê começar um blog?

11:00

   Está cada vez mais próxima a data em que o meu blog celebra um ano, por isso acho que o tema do ACMA deste mês se adequa na perfeição para vos falar do que me levou a criar um blog, de como foram as coisas ao início e do que retiro da vida de blogger.


   Em Janeiro o tema deste projeto são os (re)começos e nada melhor que aproveitar para vos mostrar o quão bom é começar um blog. O Miss é recente (honestamente acho que vai ser o meu eterno bebé), mas posso falar-vos de como começou. Depois de tanto tempo a acompanhar outros blogs, a ler atentamente o que cada pessoa partilhava, como e quando o partilha, surgiu o bichinho de "e se eu também tivesse um blog?". Claro que isso se manteve um plano adiado por muito e muito tempo. Pensava regularmente que não ia acrescentar nada de novo à blogosfera; que ninguém ia querer ler o que eu tinha para dizer; e que, provavelmente, nem teria nada para dizer. Para além disso havia a problemática do tempo. Já vos disse por aqui que gosto de me envolver em tudo o que é projeto interessante - então como conseguiria conciliar mais um na minha vida?

Ao começar um blog, facilmente divergimos para temas diferentes dos que idealizámos.

   Mas deixei-me de coisas e pus mãos à obra. Sempre gostei de escrever e sabia que, no blog, podia escrever sempre que me apetecesse. Nunca optei por posts muito pessoais apesar de, inicialmente, ter isso em mente. Acreditem que, ao começar um blog, facilmente divergimos para temas diferentes dos que idealizámos se não tivermos bem estruturado aquilo que queremos fazer, e acho que isso aconteceu comigo. Apesar de adorar o meu blog, considero que lhe falta um cunho mais pessoal e espero poder colmatar isso este ano. No início tinha um pouco medo de o fazer: podia ter má aceitação da parte de quem me lê, considerava arriscado expor-me demasiado sem saber bem a quem, e tinha um certo receio de que o blog caísse em mãos erradas - pela minha cabeça passavam todos os cenários e, como diz a minha mãe: "cautela e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém".

É importante sermos honestos se queremos que as pessoas confiem em nós.

   No entanto, sempre correu tudo bem. Pesquisei o essencial acerca da gestão de um blog: como ter títulos cativantes, como ilustrar os posts, como ajustar o texto e como manter um espaço clean. Aprendi também que a melhor forma de trazer pessoas ao meu blog era indo ao blog delas, e aí começou a aventura. Descobri imensos blogs fantásticos de imensas pessoas fantásticas. Sei que, neste momento, tenho sido terrível a nível de visitar outros blogs (e até mesmo de responder ao que vocês comentam por aqui) mas acreditem que não é má vontade, é mesmo falta de tempo. Soube desde início que um comentário deveria estar sempre assinado com o nosso blog mas que nunca, NUNCA, deveria ser um comentário à toa. Sabia que se comentasse um "Gostei" basiquinho sem sequer ter lido um terço do post era compreensível de que não só não tinha lido o post, como o comentário podia ir completamente ao oposto de tudo o que a blogger tinha escrito. É importante sermos honestos por aqui se queremos que as pessoas confiem em nós e nos levem a sério. Depois de ter aprendido as regras básicas, foi só por em prática. 

Em poucos dias já tinha percebido que ter um blog era muito mais complicado do que eu pensava.

   Entre pensar posts, escrevê-los, fotografar para os ilustrar e magicar quais os dias em que teria tempo para isso, os meus dias corriam. Claro que a tudo isso se junta a vida académica, os amigos, a família... Em poucos dias já tinha percebido que ter um blog era muito mais complicado do que eu pensava, mas mesmo assim gostava. Era um desafio para mim escrever regularmente e mantê-lo atualizado. Ainda hoje é. Esforço-me por anotar todas as ideias e, sempre que tenho um bocadinho, adianto o máximo que posso para manter o blog com posts atualizados. Ainda que agora tente cumprir com publicações três vezes por semana (terças, quintas e sábados), no início não era assim - publicava quando me dava na telha, que era, basicamente, quando tinha tempo para escrever.

O blog trouxe muitas coisas boas à minha vida.

   Apesar da grande ginástica para gerir o tempo a que me vejo constantemente obrigada, se voltasse um ano atrás tinha tomado a mesma decisão - criar o blog trouxe muitas coisas boas à minha vida. Desengane-se quem pensa que vou falar de parcerias. A minha opinião acerca delas é bem conhecida: é fantástico puder receber algumas coisas devido ao meu trabalho e empenho neste projeto, mas não é isso que dita a minha dedicação a ele. Quando falo das coisas boas do blog falo das pessoas, do crescimento, do conhecimento pessoal. Devido ao blog pude aproximar-me de mentes brilhantes que me inspiram e que chegam a dizer, imaginem, que gostam do meu blog e que ele está nos seus favoritos. Acham que há alguma coisa que pague isso? Para além disso, o blog dá-me a oportunidade de escrever sobre coisas de que gosto para pessoas que gostam de me ler e que me dão um feedback extraordinário. Já para não falar da fotografia - como sabem, adoro fotografar e o blog é um incentivo para o fazer mais vezes, para aprender mais e para fazer melhor. Agora o blog faz parte das minhas conversas, qualquer assunto pode terminar no blog e qualquer coisa mínima do dia-a-dia me dá ideias sobre coisas que gostaria de partilhar convosco.

Se tu, que estás desse lado, pensas em criar um blog...

   Não sou nenhuma expert em blogs, se é isso que pensam. Mas considero-me uma expert no meu - dou sempre o meu melhor para vos trazer o melhor. Para além de aumentar a minha criatividade, o blog ajuda-me a relaxar e a conhecer-me melhor. Ajuda-me a sair da minha zona de conforto e, desculpem a redundância, mas também me conforta. E é por isso que, se tu, que estás desse lado, pensas em criar um blog, eu te digo para o fazeres.


   Como já sabem, este post constitui a minha participação deste mês no ACMA - A Cultura Mora Aqui. Foi um post mais pessoal que o normal, indo bem de encontro ao que me proponho a trazer-vos. Espero, honestamente, que tenham gostado, que vos tenha sido útil e que tenha ajudado a que me conheçam um pouco melhor. Podem saber mais acerca do ACMA aqui ou através do e-mail da nossa criadora (corsemfim@gmail.com).

   Eis os blogs habituais do projeto: 

   Eis os convidados deste mês:

   E vocês, o que vos levou a criar o vosso blog?






• • •
Podes acompanhar-me também aqui:

You Might Also Like

39 comentários

  1. Gostei imenso da tua publicação, acho que, de certa forma, definite-nos a todos um bocadinho. Tal como tu, eu sempre acompanhei vários blogs e passava muitos dos meus dias e ler e a descobrir novos para ler ainda mais, até que comecei a pensar criar um, e foi aí que me deparei com todas as questões que mencionaste e mais algumas; "Vou criar um blog sobre o quê? E porquê, se não tenho nada que dizer? Além disso ninguém vai ter interesse em ler aquilo que vou escrever." Mas, no meu ponto de vista, tendo em conta que foi o que se passou comigo, todas as dúvidas desaparecem quando iniciamos o blog e publicamos o nosso primeiro post; rapidamente percebemos que devemos falar daquilo que realmente gostamos e que devemos ser sinceros, e aquela coisa do "Quem é que vai ler o que tenho para dizer?" desaparece porque, com o tempo, aprendemos que o que importa é a nossa partilha. Ter um blog não é nada fácil, eu que o diga, que quase nunca tenho tempo para o meu, mas não importa o quão longe fique, tenho sempre vontade de escrever.

    Um beijinho grande,
    Patrícia

    http://primavera-estacional.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida aquilo que eu penso, Patrícia! Obrigado pelo teu comentário e continua a tua excelente partilha no blog :)

      Eliminar
  2. Adorei o post <3 o que me levou a criar o blog foi ter uma coisa só minha onde pudesse falar sobre o que quisesse e expressar os meus sentimentos!!
    Beijinho <3

    Inspiring

    ps: Nomeei-te para a tag 8 coisas, espero que gostes!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado querida! Eu não costumo responder a tags mas vou espreitar as tuas respostas :)

      Eliminar
  3. Concordo com tudo o que disseste! Quando criei o meu blog, no inicio, eu só queria mostrar as pessoas o que era o veganismo e como era um bom estilo de vida, mas agora o blog é mais um cantinho onde mostro o que visto e onde partilho mais os meus gostos! Claro que quero continuar a falar sobre o veganismo, visto que é uma grande parte do minha vida, mas também quero partilhar outras coisas. Para mim, o blog não é só um meio de conhecer mais pessoas mas também um sitio de onde tirar concelhos e aprender novas coisas. E eu adoro isso!!

    Encontrei agora o teu cantinho e estou a amar!! Já segui!!

    Beijinhos!!
    Black Rainbow / Instagram

    ResponderEliminar
  4. Uma coisa tenho de concordar, nunca pensei que ter um blog desse tanto trabalho! Não me queixo, nunca porque faço-o com todo o gosto, mas fora deste meio tudo parece fácil.
    Há imenso espaço para quem quer ainda criar um, acho que, tal como referis-te, desde que seja com honestidade tudo dá certo!

    Uma Beijoca grande *
    http://asofiaduar.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também nunca pensei que assim fosse, mas o que é por gosto não cansa! :p
      E sim, honestidade acima de tudo!

      Eliminar
  5. Penso exatamente como tu no que diz respeito acerca das coisas boas de ter um blog e dá realmente muito trabalho que nunca pensei!

    ResponderEliminar
  6. O blog tem sido a melhor coisinha da minha vida! Dá muito trabalho, é um facto, mas quem corre por gosto não cansa :D
    Beijinhos,
    An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook

    ResponderEliminar
  7. Adorei o post! Como podes ver há muita gente que gosta de ver o que escreves (eu sou daquelas que mesmo que nem sempre comente na hora, venho logo espreitar quando vejo que há post novo por aqui). Acho que realmente definiste muito bem como a maioria de nós acabou por entrar neste mundo e criar os nossos cantinhos.
    Eu acho que se te sentes à vontade para fazer posts mais pessoais é sempre uma mais-valia mas depende muito do feitio de cada um. Este post até é um bom exemplo disso. :)

    Beijinhos

    http://buongiornoprincipessa3.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixas-me sempre de coração nas mãos com as tuas palavras queridas! E sim, este post foi um excelente exemplo disso e espero ter tempo para poder investir em mais posts assim. Obrigado por estares desse lado :)

      Eliminar
  8. Adoro o teu blog, foi um dos primeiros que segui e é raríssimo perder um post! Gostei imenso daquilo que escreveste e acho que tens toda a razão quando dizes que é quando alguém nos diz que gosta muito do nosso blog que percebemos a beleza daquilo que fazemos. E por isso digo-te agora que o teu é um dos meus preferidos e que espero vir a sentir a evolução que tu sentiste, porque apesar de o meu blog existir desde 2014 só desde 2016 é que estou a investir a sério!
    Um beijinho grande
    wallflowerbyines.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico tão contente por ter o teu carinho! Espero honestamente que consigas atingir esse objetivo e, no que precisares de ajuda, conta comigo :)

      Eliminar
  9. Tal como tu, comecei por ler blogs, aliás, devorar blogs e como tinha tempo livre a mais, pensei "gosto de escrever, de ler, porque não ter o meu cantinho?" e criei um blog. Escrevia essencialmente sobre notícias que lia, sobre coisas do dia-a-dia e com o tempo fui evoluindo. Falava mais sobre filmes, séries, outros blogs, notícias, decoração... eu sei lá, tinha tantos temas para debater e um blog só para mim, para eu falar sobre o que quisesse.
    Já lá vão 2 anos e por aqui ando. :D

    let's do nothing today

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que venham muitos mais anos porque o teu blog é SUPER! :D

      Eliminar
  10. Faço minhas as tuas palavras! Ter um blog trouxe-me coisas que nunca imaginaria, poder conhecer pessoas novas, ver outras realidades, participar em novos projetos é simplesmente fantástico!! e é daquele tipo de coisas que nunca sonhei que pudessem acontecer :)
    Beijinhos *

    http://chique-e-geek.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  11. Adorei esta publicação e revi-me bastante nela. Também eu, antes de criar o meu blogue, fiquei bastante receosa acerca de se o devia fazer, porque ia mexer com a gestão do tempo na minha vida (que não é nada fácil). Contudo, eu acho que tudo o que um blogue traz, sendo "grande" ou "pequeno", compensa bastante todo o trabalho que temos.

    Um beijinho,
    http://inesmartinsxx.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida que compensa, sobretudo se o fizermos por gosto! :)

      Eliminar
  12. Gostei imenso do teu post e a verdade é que vi muito de mim nele, desde a dificuldade a arranjar tempo para escrever até à paixão que temos por esta rede de conteúdos e de pessoas. Além disso, acho que foi um post muito completo e com ótimas dicas, não só para futuros bloggers como para os que aqui estão, para mim inclusive, uma vez que o importante é sempre aprender e melhorar mais e mais. Também gostei imenso da forma como interpretaste o tema, muito original e muito, muito bem aproveitado! Para terminar, adorei adorei adorei o teu blog, que ganhou agora uma nova seguidora.

    Um beijinho,
    Bia do Bookaholic.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Bia, muito obrigado! Fico muito contente por teres gostado, mesmo! <3

      Eliminar
  13. Gostei muito!
    Identifiquei-me com imensas coisas que escreveste.
    love, Bia❤
    Passion Girl || Facebook || Instagram

    ResponderEliminar
  14. Gostei muito desta tua publicação. Já criei tantos blogues que perdi o fio à meada, por isso compreendo-te quando dizes que os temas podem ser diferentes do que idealizámos. Acho que foi o facto de não estar 100% segura do que queria fazer que me levou a demorar tanto a fazer algo de que me orgulhasse um bocadinho. Agora gosto imenso dos meus dois blogues e tenciono continuar a alimentá-los. Ainda são super recentes e quero mesmo não voltar a desistir disto. Até porque adoro escrever. Tirei jornalismo afinal de contas xD Quando aos posts mais pessoais, quando era miúda era a minha onda, agora tento afastar-me um bocado deles. Claro que falo de coisas que fazem parte da minha vida (livros, experiências, filmes, etc), mas quando se trata de temas que envolvam pessoas acho que prefiro ter muita cautela xD

    Beijinhos

    Raquel
    www.meeksheep.com
    www.thinksupernova.wordpress.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um dos meus receios no início também era investir em algo de que depois ia acabar por desistir, mas felizmente isso não aconteceu e estou aqui de pedra e cal :)
      E compreendo também quando falas nessa cautela em relação a temas mais pessoais, é isso que me tem privado de os abordar mas acho que, de pouco a pouco, vou conseguir falar um pouco mais de mim. Quanto aos teus blogs, só tens é de te orgulhar deles, acredita! :)

      Eliminar
  15. Dalila, já ando há 10 anos nesta maluqueira da blogosfera, mas é mesmo muito divertido podermos idealizar o nosso cantinho dos pés à cabeça :D Como o Eléctrico 28 é focado no melhor de Lisboa, com montes de sugestões e ideias para o fim de semana, acabo por não partilhar coisas mais pessoais e isso faz-me falta... A ver se com o projecto ACMA as coisas mudam um bocadinho ;)

    ​Eléctrico 28:​​ Descobre o melhor que Lisboa tem para oferecer!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O ACMA de certeza que vai ajudar-te a trazer um pouco mais de ti ao blog! E, caneco, 10 anos de blog é quase uma vida! Estas de parabéns :D

      Eliminar
    2. Pois é! Mas felizmente não foi sempre o mesmo Blog. Foi preciso experimentar, até chegar ao Eléctrico 28!!! Www.electrico28.pt 😀

      Eliminar
    3. Pois é! Mas felizmente não foi sempre o mesmo Blog. Foi preciso experimentar, até chegar ao Eléctrico 28!!! Www.electrico28.pt 😀

      Eliminar
  16. Adorei o post! O que me fez criar o meu blog foi mais ou menos o que te fez a ti. Eu acompanhava vários e a certa altura comecei a pensar: Se elas conseguem, porque não consigo também? Rapidamente, e tal como tu, percebi que ter um blog era mais fácil de dizer do que de fazer, parece que não mas este é já o 4º ano do meu. E eu digo que não parece porque só em 2016 é que me comecei a dedicar realmente a ele e ainda tenho muito que melhorar! Torná-lo cada vez mais pessoal é algo a que me tenho dedicado cada vez mais e tenho várias ideias em mente, que preciso de tempo para colocar em prática. À parte de tudo isto: criei um blog porque gosto de escrever e de partilhar um bocadinho de mim com todos vocês. :)
    Beijinhos
    Moca, My Curly Craziness

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda que, como disseste, tenhas começado a dedicar-te a ele há pouco tempo, teres o blog há já quatro anos é um grande feito também e deves orgulhar-te disso! Pouco a pouco vais conseguir por em prática essas ideias, só precisas de querer! :)

      Eliminar
  17. Adorei a tua opinião. Eu passei pelo mesmo. O medo toma conta de nós mas acho que quando fazemos o que gostamos tudo se torna mais fácil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade. E não há nada como dar o primeiro passo :)

      Eliminar
  18. Gostei imenso da tua publicação! São dicas que até para quem já tem um blog, as vezes é dificil lembrar-se delas! (prazer, EU! XD) Portanto o teu post não é so para quem quer criar um blog, mas também para quem quer recomeçar um.
    Adapta-se sem dúvida no tema!

    E muitos parbens pelo aninho do teu blog!! Nota-se que te esforças imenso para o manter atualizado e com post sempre no teu melhor. Adoro ler o que escreves. Mantém-te assim linda, estás a fazer um excelente trabalho e só tens de te orgulhar disso!!

    Beijinhos! Where I Belong

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Rute, espero que te possam ser úteis e que as possas por em prática :D

      E obrigado também pelas tuas palavras queridas e por estares desse lado, é muito bom saber que o meu carinho passa para quem me lê <3

      Eliminar
  19. Criar um blog foi a MELHOR coisa que eu alguma vez fiz na vida! Jamais me arrependo. Dá trabalho? Dá, mas assim é que dá piada. Nada paga o retorno que recebo do leitores, o quanto eu aprendi não só na blogosfera mas em vários outros aspectos graças ao blog, as amizades que fiz... Bendito o dia em que pus os pés na blogosfera! ❤

    Adorei o teu post linda, e muitos parabéns por este primeiro ano de blog. Que venham muitos mais ❤

    Beijinhos,
    Diário de uma Africana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não podia concordar mais contigo! Criar um blog abre-nos os horizontes de uma forma que antes julgamos impossível. Obrigado gira! <3

      Eliminar
  20. concordo com tudo o que disseste, criei o meu na linha do 'porque nao partilhar as minhas opinioes tambem? e foi o melhor que fiz, dá trabalho mas vale mesmo a pena.
    beijinhos, jess
    girlygirlsthinkpink.blogspot.com

    ResponderEliminar
  21. Criei o meu blog por gosto imenso de escrever e fotografar - tenho imensa pena de não me poder dedicar mais a este meu hobby - talvez um dia...
    Beijinhos. http://cinderelaventureira.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela tua visita e comentário. Clica em "Notificar-me" para saberes a minha resposta.
Assim que possa irei ao teu blog retribuir o carinho. ♥